domingo

GROBNIK:O VAMPIRO DOS CEMITERIOS

Tags

vampiro dentes sombrio lenda hitoria

No distrito de Struga,Bulgária,habita um dos vampiros mais desprezíveis do folclore:Grobnik;cujo nome significa literalmente "a sepultura."
Diz-se que alguém se torna Grobnik depois de morrer estrangulado,mas outros dizem causas ainda piores,como a fascinação mórbida para algumas pessoas tão podres,a corrupção.

Quando qualquer um desses indivíduos morrem com essa rara preferência por decomposição,o seu espírito se recusa a deixar o corpo. Durante nove dias luta pelo poder de seus músculos e articulações,ate finalmente,recuperar algumas habilidades motoras difíceis que só lhe permite sair fora do seu caixão.

aqueles sepultadores que tiveram a infelicidade de ver Grobnik argumentam que ele se assemelha a uma boneca articulada por fios invisíveis,sacudido por espasmos repentinos e tremores.

Mais de quarenta dias após seu funeral,finalmente Grobnik se aventura através das terras do cemitério,vagando entre as sepulturas recolhendo pequenos roedores e insetos que se alimentam da carne dos mortos.

Durante este período,o Grobnik evita qualquer contato com os seres humanos,ja que se encontra em um estado realmente vulnerável. Mesmo sua sombra,digamos,uma silhueta azul escuro pontilhada com faíscas,pode chegar a absorvê-lo se  chegar a ficar muito grande,ou baixa luz do luar.

No final deste período,o Grobnik toma posse plena das suas faculdades,incluindo uma força sobrenatural. Sua carne,até então pútrido e liquefaz, adquire uma consistência impenetrável;só então se atreve a caçar presas maiores,como cães,gatos,pássaros e crianças.

Esta dieta diabólica logo e substituída por uma outra,mas igualmente repugnante e menos difícil. O Grobnik em seguida,desenvolve o desejo urgente de comer a carne dos mortos. Aguarda a chegada da noite em seu covil escuro,em seguida,surge como uma vaga silhueta desarticulada e se dispõe a cavar com as próprias mãos os cadáveres mais frescos.

O Grobnik,mostra alguma predileção macabra para os corpos de mulheres jovens,os quais pratica todos os tipos de carícias blasfemas,que geralmente são acompanhados por gritos desumanos,prelúdio de uma festa que pode durar até as últimas horas noite.

Os coveiros búlgaros geralmente deixam o Grobnik sozinho e raramente se envolver em seus negócios,uma vez que ele nunca ataca adultos,exceto pessoas que são comprovadamente mortos,porque sua visão muitas vezes traí-lo ao aumentar o tamanho dos objetos que o cercam.
Em sua visão,besouros e baratas que cercam a putrefação tem enormes dimensões.

Nas mediações dos cemitérios na Bulgária são frequentemente vendidos alguns talismãs mágicos que,como eles dizem,manter o Grobnik fora da órbita de um túmulo particular. É claro,também pode ser eliminado com relativa facilidade. Uma vez preso,o Grobnik é queimado com cinzas de madeira e suas cinzas são espalhadas aos quatro ventos,em alguns casos,até mesmo inaladas por feiticeiros excessivamente escrupulosos.