sábado

POEMA GÓTICO PERCO

Tags

mão,arvore,seca,gotico,silencio


Eu não sou uma,
Sou duas.
Não modifico,
Me transformo.
Não vivo,
Só sobrevivo.
Eu não falo,
Prefiro o silêncio.
Eu parei de correr
E comecei a andar.
Observei mais
E deixei fluir.
Eu parei para pensar
E me descobri.
No mesmo momento
Que me perdi.
Autor(a): Karolini