sexta-feira

POESIA GÓTICA DILACERADO

Tags



Coração dilacerado
Meu peito mal aguenta
A falta de ar
Me sufoco só de tentar respirar .

É como se uma espada
O tivesse atravessado .
Cortando-o .
Sangrando-o .

Morrendo aos poucos .
A tristeza contaminando-o .
Palavras duras ,
Frias.

Que ficarão guardadas .
Escrever é o que me resta ,
Para salvar a mim mesma
De uma tristeza profunda .