sábado

POEMAS GÓTICOS O AMOR NÃO

Tags

gotica,imagens,preto,vestido

O amor não! Ouça, você miseráveis ​​filhos de barro! A coroa alegre da esperança é tecida com flores de barro!
Coisas que são feitas à decadência e desaparecem,
Embora tenham florescido por algumas horas.
O amor não.

O amor não! O que você ama você pode alterar:
Os lábios rosados ​​podem parar de sorrir,
O desejo dos seus olhos podem tornar-se um olhar frio,
O coração ainda bate, sem saber a verdade.
O amor não.

O amor não! Bem o que você ama pode morrer,
Podem desaparecer na terra da felicidade,
Nas estrelas em silêncio, o céu azul brilha
sobre
a sua sepultura, como seu nascimento.
O amor não.

O amor não! Um aviso entregue em vão
Que, nestes tempos, como nos anos que se passaram,
O amante desenha um coração sobre o rosto amado,
Impecável, imortal, até você mudar ou morrer.
O amor não.