quinta-feira

POEMAS GOTICOS FALSO AMOR

Tags

olho,chorando,triste

Foi escrito, sim, tudo está quebrado
Uma outra vez na cadeia fatal,
E minha força para se recuperar dos meus esforços.
Estava escrito: o céu me condena
A escravidão sempre espera por sua vez,
Eu obedientemente compareci,
restabelecimento de laços
Cada vez mais rígidos que me oprimem;
Para o jogo de Amor fatal
Das minha elevadas convulsões passadas.

Aqui estou eu! Eu sou sua! Sua vítima dócil!
Eu sou sua! Aqui estou eu! Tudo o que posso!
Seu capricho é a minha lei saciar a sua raiva...
Mas sei, ó cruel!, Que não Adianta me enganar
O sorriso falso hoje em dia não vai me alegrar.