terça-feira

POEMAS GOTICOS AMOR ENTERADO

Tags

caveira,gotica.imagens

Venho para enterrar o Amor
Debaixo de uma árvore,
Na floresta negra e alta
Onde ninguém pode ver.

Eu não vou colocar flores na cabeça,
Nem pedra a seus pés
Porque ele amava os lábios
Que foram amargos.

Não retornarei ao túmulo
Pois a floresta e muito fria.
Reúnirei toda a alegria
Que minhas mãos podem agarrar.

Eu estarei todo o dia ao sol
Onde os ventos sopram selvagem,
Mas chorarei pelas noites
Quando ninguém está escutando.