POEMAS GOTICOS A CASA DO FANTASMA ~ TRIBO DOS GÓTICOS



Categoria:

POEMAS GOTICOS A CASA DO FANTASMA

fotos goticos,perdida,esquecida,fantasma,assombrada

Hábito, eu sei, em uma casa solitária
Eles desapareceram por muitos razões,
Exceto para as paredes do porão,não deixaram rastro,
Exceto para Paredes que se dobra a luz do dia,
Onde os morangos silvestres se arrastam.

Em cercas escondidas minha vida arruinada
A floresta, retornando para o campo fértil;
A árvore do jardim cresceu como uma floresta
Retalhos, onde o carpinteiro corta sua madeira;
Cura para o caminho que se desce bem.

Eu vivo com uma dor estranha no meu coração,
Naquela casa vivo sem nenhum sentido,
Nessa estrada perdida e esquecida,
Nem mesmo um refúgio para os lagartos.
A noite chega, os morcegos ecoam com seus dardos;

A coruja chega ao silêncio
Os sons e agitação do céu
Eu ouvi algo muito distante
ouvi uma palavra a dizer, muitas vezes
Antes que chegue nada, mas silêncio.

É sob a pequena estrela do verão, leve
Mas eu não sei nada sobre a multidão silenciosa
Ele compartilha as sombras ao meu lado,
As sombras escuras sob a árvore
Sem dúvida, têm nomes escondidos no musgo.

As pessoas estão inquietas, mas e lento e triste,
Embora sejam dois, o mais próximo que eles são marido e mulher,
Nenhum deles se atreve a cantar,
E apesar de serem rodeados por solidão,
Como companheiros doces permanecem aqui.

 
  • GeraLinks - Agregador de links
  • Copyright © TRIBO DOS GÓTICOS™ is a registered trademark.
    Blogger Templates Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.