A ORIGEM DAS VAMPIRAS PART4 ~ TRIBO DOS GÓTICOS



Categoria:

A ORIGEM DAS VAMPIRAS PART4

lilith morcego noturna assas preta
Percebe-se claramente que a humanidade se origina debaixo da maldição e do erro, da discórdia, do crime e do incesto…
O livro de “Gênesis”, da bíblia comum, em nenhum momento cita Lilith, ao passo que não é Lilith quem tenta Eva, mas Satã em forma de serpente. Aqui a metamorfose do espírito de Lilith em serpente é fato decisivo para que o pecado manche a vida!
Os primeiros hebreus, os rabinos mais radicais e letrados, estes ao descreverem o livro da criação do mundo, excluíram o nome de Lilith por questões de fé, temor, moral e preconceitos, afinal nas sociedades primitivas hebréias, era o patriarca o chefe absoluto da família e da tribo.
E o poder da mulher sobre o homem era ignorado e mantido como coisa secundária.

Mas Lilith é muito mais que uma renegada e amaldiçoada vampira, ela tornou-se um símbolo de toda mulher independente ao passo que Eva é o símbolo da mulher subjugada pelo homem!

A lenda e o horror passou a povoar a mente de todos os homens e as primeiras aldeias e acampamentos eram alvos frequentes de Lilith. Ela surgia sempre à meia noite, batendo suas asas de coruja ou morcego, e seus caninos afiados buscavam um pescoço onde a veia jugular estivesse com mais facilidade em evidência.A morte de crianças e os abortos eram obras malignas de Lilith, que deleitava-se com sangue de recém-nascidos!

Jovens, homens ou mulheres que dormissem sozinhos, estavam condenados a tormentos e pesadelos sexuais onde através de masturbação chegavam ao orgasmo. O líquido expelido era também alimento para Lilith.
Como citei em um outro artigo, “Sexo e sangue são os dois ingredientes básicos do culto do vampirismo”. Aqui, estes dois elementos são constantes de modo a tornarem-se uma espécie de vício no seio da primeira mocidade.
Lilith prefere os jovens, mas não desdenha os velhos, porém na juventude a doçura dos prazeres é mais ardente.
Por isso o poder de Lilith é mais forte neste período da vida humana. A mãe comum de todos os vampiros, fruto do talento minucioso de Satã, a senhora das bestas e répteis peçonhentos, tornou-se o maior perigo para os hebreus que oravam à Deus e à três anjos para que protegessem toda a família da visita noturna da vampira sugadora de sangue e assassina de crianças. Sanvi, Sansanvi e Semangelaf eram os três anjos, que segundo a lenda assassinaram todos os filhos que Lilith gerou com Adão.
Os anjos eram invocados para proteger os filhos de Eva, isto é, a humanidade, da qual Lilith tinha agora rancor e vingança de assassinar como uma espécie de revanche, pelo mal que ela sofreu no passado.
Existe uma complexidade enorme quanto à verdadeira origem deste vampiro chamado Lilith, afinal ela é fruto de outras culturas ainda mais primitivas que a dos hebreus. Seu nome foi mudando de tempos em tempos e o aspecto lúgubre foi se reafirmando na medida em que a evolução urbana povoou toda a região da antiga Mesopotâmia.
Lilith é uma espécie de súccubus perversa e sedutora…

 
  • GeraLinks - Agregador de links
  • Copyright © TRIBO DOS GÓTICOS™ is a registered trademark.
    Blogger Templates Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.