quarta-feira

A ORIGEM DAS VAMPIRAS PART2

Tags

vampira olho vermelho gotica
Satã ou Satanás foi o criador de Lilith, este ser rebelde, que significa “o contestador” ou “o anjo mais sábio”, foi o responsável por sua aparição no paraíso recém formado. Segundo o poeta John Milton, autor do livro “O paraíso perdido”, Satã fora expulso dos céus num momento de grande levante onde combateram todos os anjos numa guerra descomunal para tomar o trono de Jeová, o “todo poderoso”. “Deus, com mão cheia de fulmíneos dardos, o arrojou de cabeça ao fundo do abismo. Lá vem descendo em tortuosos giros, até que o cume do ninfate pousa. Então Satã, que pela primeira vez soube o que é dor, torceu-se, recurvou-se.

Tal bramido então ruge e tal estrondo, como jamais se ouviu dos céus no espaço…” Nestes fragmentos significativos, Milton descreve como um profeta visionário, o episódio da expulsão de Satã dos céus! Satã rancoroso para vingar-se de Deus, resolve ferir o Homem, a criação da imagem e semelhança do todo poderoso. Num momento de inspiração, ele sopra a vida em uma escultura feminil lapidada por ele mesmo. Assim Lilith, a obra prima de Satã, passa a fornicar com Adão sem que Deus saiba de toda a trama diabólica…

Adão, que segundo a bíblia foi o primeiro Homem, encontrou em Lilith a forma ideal para descarregar todo seu impulso sexual, e Lilith tornou-se a companheira e esposa fiel de Adão satisfazendo-lhe todas as suas fantasias…
Meses e anos se arrastaram e o tempo passou, mas um dia Deus descobriu a trama de Satã e imediatamente criou a Mulher! Lilith, que era um ser independente e arrogante, já vivia em desavença com o Homem e num momento de discussão e desentendimento, Lilith abandonou Adão e voou até as margens do mar vermelho.
Adão angustiado, caiu em profundo sono e foi neste momento que Deus tirou de suas costelas a matéria prima para fazer Eva, a verde
adeira companheira de Adão…