quarta-feira

FACÇÕES DE VAMPIROS

Tags

beijo vampiro goticos amor 

No Sabbat apenas dois clãs são inteiramente e oficialmente membros do Sabbat, esses são os Lasombra e os Tzimisce.
Outros parentes de outros clãs têm juntado forças com eles, principalmente porque não querem fazer parte da tirania e das estruturas e leis opressivas do Camarilla.

Os vampiros do Sabbat não são como os outros vampiros. Os vampiros do Sabbat tem uma forte lealdade para com a sua facção e partilham uma enorme crença na liberdade individual.
A lealdade do Sabbat é resultado dos cuidadosos rituais por que cada um tem de passar durante o Ritual de Criação. Todas as atividades do Sabbat centram-se na lealdade e liberdade dos seus membros.
O Sabbat existe para fazer parar os planos dos anciãos, espalhando a palavra da sua dominação e criando uma facção de vampiros suficientemente fortes para se defenderem deles.

O Sabbat é visto por todos aqueles que não pertençam a facção como uma organização cujo o único objetivo é pilhar, consumirem o vitae dos seus parentes através da Devassidão (Diablerie) e fomentar divergências e rebeliões entre a camada mais jovem da sociedade dos vampiros.
Os seus membros são vistos pelos outros parentes como insensíveis, cruéis e violentos que não dão valor á própria existência dos seus parentes, muito menos á existência humana, e parecem alegrar-se em libertar as suas Bestas escondidas. Eles estão entrincheirados no oculto, realizando rituais secretos e bizarros nunca antes vistos por estranhos.