sexta-feira

POEMA GÓTICO CORAÇÃO DE VIDRO

Tags



"A lua, ela pendura-se como um retrato cruel
Ventos suaves sussurram o convite das árvores
Enquanto esta tragédia começa com um coração de vidro destruído
E o pesadelo da meia-noite esmagando os sonhos
Mas sem lágrimas, por favor
Medo e dor talvez acompanhem a Morte
Mas é o desejo que traz sua certeza
Assim como nós veremos..."